Maneiras de fazer a tontura passar

17 de dezembro de 2015
Curiosidades
0Comentários

A tontura, assim como a dor de cabeça, é um sintoma bastante genérico e, consequentemente, um dos mais citados em consultas médicas. Ela pode ser decorrente de problemas que vão desde uma simples queda de pressão quanto de um câncer. “A gravidade do sintoma é avaliada de acordo com a faixa etária do paciente, possíveis doenças a que possa estar associado, sua frequência e sua intensidade”, afirma o clínico geral e cardiologista Abrão José Cury Júnior, diretor da Sociedade Brasileira de Clínica Médica.
Mas, então, quando procurar um médico? Segundo o especialista, quando a tontura é seguida de desmaio, faz com que o paciente perca o equilíbrio ou provoca a perda temporária da visão, recomenda-se ir ao hospital imediatamente. Mas se o sintoma for leve e de causa conhecida, como a queda da taxa de açúcar no sangue, aqui vão alguns métodos para combatê-la:
Ingerir sal
O sódio é um nutriente conhecido por reter água no organismo. Por isso, ingerir sal ou alimentos bastante salgados, como azeitonas em conserva, é eficaz no combate a tonturas decorrentes da queda da pressão arterial. “O aumento do volume sanguíneo faz com que o fluxo arterial aumente, elevando a pressão”, explica o cardiologista João Vicente da Silveira, do Hospital e Maternidade São Luiz.
Comer um doce
Outra causa comum da tontura é a hipoglicemia ou queda da taxa de glicose no sangue. “A glicose é o principal combustível do corpo e sua falta afeta inclusive a transmissão de informações no cérebro, tendo como um dos efeitos colaterais a tontura”, diz o clínico geral Abrão. Mas, para obter a glicose, não adianta consumir carboidratos complexos, de absorção lenta, como massas de grão integral. Prefira carboidratos simples, rapidamente absorvidos pelo organismo, como frutas e doces em geral.
Beber água
A água também pode ajudar a elevar a pressão já que aumenta o volume de líquidos no corpo. “Antes, entretanto, certifique-se de que não há náuseas ou enjoo ou a água pode provocar o vômito”, afirma o clínico geral Abrão. Neste caso, o consumo precisa ser grande para fazer diferença, então, de cara, beba um copo e mantenha o ritmo nos próximos minutos.
Sentar
Levantar muito rápido também pode causar tontura devido a chamada hipotensão postural. “Ela nada mais é do que uma queda brusca da pressão arterial quando seu corpo retoma a posição ereta”, afirma o cardiologista João. A melhor saída, portanto, é voltar a se sentar para evitar, inclusive, uma queda.
Tomar ar
“O calor excessivo leva à vasodilatação e, consequentemente, à queda da pressão sanguínea”, afirma o cardiologista João. Por isso, se sentir tontura dentro do ônibus ou de qualquer outro lugar fechado, busque uma corrente de ar. Lembre-se ainda de se sentar ou buscar um apoio para evitar quedas.
Respirar
O esforço excessivo, principalmente por pessoas sem condicionamento físico, também pode causar tontura. “A demanda por oxigênio aumenta devido ao esforço muscular e outras partes do corpo podem ser prejudicadas, causando tontura”, diz o clínico geral Abrão. Neste caso, busque repousar e estabilizar a respiração para melhorar o aporte de oxigênio para todo o corpo.
Fonte: Minha Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos que você pode gostar

No final de semana do feriado da Proclamação da República, o Mercado Municipal de Curitiba ...
9 de novembro de 2020
Mais de 20 pratos com preços promocionais e receitas inspiradas nos quatro cantos do mundo. Pela ...
13 de outubro de 2020
O câncer de mama é o mais frequente entre as mulheres brasileiras, com quase 60 mil casos por ...
12 de outubro de 2020
Open chat