Chá ganha destaque como a melhor bebida para o verão

18 de novembro de 2016
Saúde e Bem-Estar
0Comentários

Batido com frutas e bem gelado, ele refresca o calor e cuida do corpo
O chá, depois da água, é a bebida mais consumida em todo o mundo. Mais popularmente consumido no inverno, ele ganhou espaço e anda fazendo o maior sucesso no verão. “Além de sua importância milenar, ele tem propriedades medicinais importantes para a saúde, pode ser tomado em qualquer hora do dia e ainda ajuda a manter o corpo em forma”, explica a nutricionista da Unifesp, Cibele Crispim.
Quente ou frio?
Tanto faz. O chá é uma bebida bastante versátil e, por isso, pode ser consumido à vontade. Ele não perde suas propriedades nutricionais quando gelado e é uma ótima pedida para refrescar a garganta. “O bom dos chás, em especial dos chás mate, preto e verde, são os flavonóides, que agem como antioxidantes, mantendo a jovialidade”, explica a nutricionista.
Um gole de pura refrescância
A dica da autora do blog “Rota do Chá” é abusar dos chás cítricos. Hanny Guimarães conta que, durante suas pesquisas, descobriu que as ervas cítricas são mais refrescantes por causa do azedinho que fica na boca. E esse efeito cresce se elas forem consumidas com chá gelado.
Hidratação profunda
Como sua constituição é basicamente água e ervas, o chá hidrata e causa uma sensação de bem-estar. “Mesmo quando ele é feito com frutas ou leite, é excelente fonte de nutrientes e água, por isso hidrata e ajuda a amenizar o calor”, explica a nutri.
Elimine uns quilinhos
Quando o assunto é emagrecer, o chá entra em ação. “Os diuréticos que viraram moda de uns anos pra cá não são muito saudáveis não porque causam uma sensação ilusória de que a pessoa está perdendo peso e na verdade ela só está perdendo líquido”, explica Cibele.
“O ideal é tomar os chás mais comuns. Eles hidratam, fornecem nutrientes e em alguns casos, como o chá mate e o chá verde, por exemplo, ajudam a eliminar gordura sem esta ação diurética prejudicial”, continua a nutri.
Do Egito direto para as terras tropicais
Se você acha que chá é coisa de ervas, que tal experimentar um chá mate com açaí? Ou talvez um chá com maracujá bem gelado? Jorge Sabongi, proprietário do Khan el Khalili, casa de chá situada na Vila Mariana (bairro da região sul de São Paulo) aposta em variações do chá gelado no verão. “Frutas caem muito bem com chás. Os sultan, exclusivos da casa, são combinações irresistíveis de chá mate, guaraná e frutas, mas a receita completa é segredo de família, por isso, não conto o toque final que vem do Egito”, afirma Jorge.
A casa serve mate combinado com frutas como açaí, maracujá ou abacaxi. Um dos destaques é a bebida que combina pêssego, mate e guaraná, batizado de Sultana 1, a primeira das cinco variações da bebida que a casa tem em seu menu. Todas os chás têm como base o mate, o guaraná e a combinação de uma fruta. A bebida nomeada de Sultana 2 mistura açaí, guaraná e mate. Já a Sultana 3 é preparada com abacaxi e guaraná.
Outra novidade é o chá de verão afrodisíaco que traz maçã e marapuama, caule típico do nordeste: “A marapuama tem as mesmas propriedades da catuaba, mas só funciona para os homens. Deixa qualquer um animado”, explica ele. “Adoro estas misturas de chá com frutas. Além de serem deliciosas e deixarem os chás ainda mais atrativos, turbinam a bebida e a enchem de nutrientes podendo ser ingeridos como lanchinho em algumas situações”, explica Cibele.
“Quanto ao valor calórico, o fato de ser batido com frutas ou até com leite não altera muito o número de calorias da bebida e sua nova composição a deixa ainda mais saudável”, continua.
Fonte: Minha Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos que você pode gostar

No final de semana do feriado da Proclamação da República, o Mercado Municipal de Curitiba ...
9 de novembro de 2020
Mais de 20 pratos com preços promocionais e receitas inspiradas nos quatro cantos do mundo. Pela ...
13 de outubro de 2020
O câncer de mama é o mais frequente entre as mulheres brasileiras, com quase 60 mil casos por ...
12 de outubro de 2020
Open chat