Sabe quais são os 10 piores alimentos para sua saúde?

23 de julho de 2015
Saúde e Bem-Estar
0Comentários

É sempre muito difícil resistir à alimentos como sorvetes, salgadinhos, pizzas, entre tantos outros, não é mesmo? E é justamente por isso que as indústrias se “aproveitam” e dão maior ênfase à esses alimentos, e acabam deixando de lado o lado nutricional.
Pensando nos malefícios que estas comidas proporcionam, a nutricionista norte-americana Michelle Schoffro Cook, famosa autora de best-sellers sobre alimentação, elaborou uma lista com os 10 piores alimentos do mundo para o ser humano.
Porém, é importante deixar claro que nenhum destes alimentos precisa ser excluído do seu cardápio, especialmente aqueles que você gosta bastante. Você pode simplesmente começar a reduzir o consumo.

1º – Refrigerante diet

PROBLEMAS: Um estudo feito por pesquisadores das universidades de Miami e Columbia concluiu que quem consome o refrigerante diet diariamente tem mais chances de ter um infarto ou um acidente vascular cerebral. Outro estudo publicado pela revista científica Diabetes Care concluiu que o ingerir diariamente o refrigerante diet pode aumentar os riscos de desenvolver diabetes tipo 2 e síndrome metabólica.
ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS: os sucos naturais também são opções muito melhores para a saúde.
2º – Refrigerante
PROBLEMAS: Esta bebida é rica em açúcar. Uma lata de 350 ml do refrigerante tipo cola possui 37 gramas de açúcar. Então, caso a pessoa beba uma lata por dia em um mês ela terá consumido cerca de um quilo de açúcar! Uma pesquisa divulgada no American Journal of Clinical Nutrition concluiu que refrigerantes, tanto as versões açucaradas quanto as de baixa caloria, estão associados ao maior risco de acidente vascular cerebral.
Os refrigerantes também estão associados a problemas respiratórios, pois proporcionam um excesso de energia levando ao aumento do peso que é estocado no organismo na forma de tecido gorduroso. Hoje em dia, já se sabe que esse tecido produz uma série de hormônios e alguns causam especificamente mais inflamação respiratória.
Outras bebidas ricas em açúcar que são tão prejudiciais quanto o refrigerante são os sucos industrializados. “O pior é o refresco, que tem em torno de 10% de polpa de frutas, o néctar varia em 30 e 40% e o suco em mais de 50%. Considero tão perigoso quanto o refrigerante porque a quantidade de vitaminas é mínima e ele é muito calórico”, explica Giorelli.
ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS: mesmo sendo calóricos, os sucos naturais são ricos em vitaminas, fibras e sais minerais, por isso são opções muito melhores para a sua saúde, e a água de coco também.
3º – Churros recheados
PROBLEMAS: O alimento que ocupava a 3ª posição na lista original era o donuts. Como ele não é muito consumido no Brasil, o churros é o seu equivalente nacional. Ambos são massas fritas, recheadas com chocolate ou doce de leite e que possuem açúcar ao seu redor. Portanto, os churros têm as complicações das frituras e ainda são ricos em açúcar. O alimento recheado com doce de leite possui 18,4% do valor diário das gorduras totais e 18,8% das gorduras saturadas.
ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS: Caso você goste muito do churros, opte por comê-lo apenas uma vez por semana aliado a uma dieta saudável.
4º – Cachorro-quente
PROBLEMAS: Um salsicha de 50 gramas possui 24% do valor diário de gorduras totais, 20% de gorduras saturadas e 20,3% de sódio. A salsicha é uma carne processada como o bacon e por isso apresenta os mesmos problemas de saúde. Além disso, para a conservação da salsicha são utilizados nitritos e nitratos que no estômago se transformam em nitrosaminas. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA) estas nitrosaminas têm forte ação cancerígena levando a altos índices de câncer no estômago entre pessoas que consomem alimentos contendo os nitritos e nitratos com frequência.
ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS: Uma boa opção é substituir o cachorro-quente por um lanche com queijo branco e peito de peru.
5º – Bacon
PROBLEMAS: Um levantamento feito pela Escola de Saúde Pública de Harvard descobriu que 50 gramas diários de carnes processadas como o bacon aumentam em 42% o risco de problemas cardíacos e em 19% o de diabetes tipo 2. Este alimento possui gordura saturada, de modo que uma fatia equivalente a 10 gramas possui 6,4% do valor diário desta gordura, que sofre um processo de oxidação que facilita o aparecimento de placas que podem inflamar as artérias sanguíneas levando ao comprometimento cardíaco.
Já o diabetes tipo 2 pode ocorrer em decorrência do consumo de bacon porque em alguns casos há diminuição da produção de insulina em resposta ao tamanho corporal do paciente. “Então uma alimentação exagerada, e o bacon é extremamente calórico, faz com que em algumas pessoas o organismo chegue a uma situação de insuficiência hormonal, passando a produzir uma quantidade de insulina insuficiente para o tamanho do corpo”, explica Giorelli.
Além disso, um estudo publicado no British Journal of Cancer concluiu que comer 50 gramas de carne processada diariamente aumenta em 19% o risco de câncer no pâncreas. Os cientistas responsáveis pela pesquisa acreditam que isto ocorre porque algumas químicas utilizadas para preservar este tipo de alimento são transformadas no nosso corpo em substâncias que podem afetar o DNA e aumentar o risco de câncer.
ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS: fãs de bacon devem restringir o consumo do alimento para no máximo uma vez por semana. Procure fazer o feijão e a farofa sem o uso desta carne processada e caso bata uma vontade daquela fatia de bacon, tente substitui-la por peito de peru.
6º – Salgadinho de batata
PROBLEMAS: O salgadinho de batata é ainda mais nocivo do que a batata frita, pois é preparado de maneira industrial, utilizando grandes quantidades de gordura, sal e substâncias químicas.. De fato, o alimento é rico em gorduras, um pacote de 50 gramas possui 33% do valor diário de gorduras totais e 9% de gorduras saturadas.
ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS: a pipoca preparada na panela ou a batata cortada em forma de chips e levada ao forno com azeite e alecrim são alternativas de petiscos melhores para a saúde.
7º – Batata frita
PROBLEMAS: O principal problema da batata frita está no fato de ela ser uma fritura. Quando o alimento é submetido a altas temperaturas sofre a glicação (modificação molecular). “Estão surgindo muitos estudos procurando relacionar essas alterações com o aparecimento de doenças cardiovasculares e também o câncer”, diz Cukier. A porção de 100 gramas de batata frita possui 14% do valor diário de gordura saturada.
ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS: uma maneira melhor de consumir a batata como petisco é cortá-la como se fosse um chips, dispor em uma travessa, colocar alecrim e azeite e levar ao forno. Caso você goste muito da batata frita, procure fazê-la em casa e sem reaproveitar o óleo, pois quanto mais utilizado, mais saturado ele fica e maiores os riscos para o coração.
8º – Pizza congelada
PROBLEMAS: Um pedaço, 73 gramas, de pizza congelada possui 16% do valor diário de sódio, cujo consumo em excesso está ligado ao aumento da pressão e doenças renais. O único pedaço ainda possui 14% do valor diário das gorduras saturadas que quando ingeridas em grandes quantidades podem levar a problemas cardíacos. Esta pizza ainda é feita com farinha branca que tem uma absorção rápida no organismo fazendo com que a pessoa fique com fome logo. “Outra descoberta é que quando o alimento é integral a absorção é mais lenta e o tempo que o alimento passa no intestino é maior o que faz com que outros hormônios deste órgão sejam estimulados”, observa Giorelli.
ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS: adora uma pizza? Então o melhor a fazer é diminuir o consumo, comendo apenas uma vez por semana. O sabor escolhido também irá influenciar na quantidade de calorias e gorduras. Confira alguns sabores de pizza até 300 calorias.
9º – Salgadinhos de milho
PROBLEMAS: Por conter uma série de produtos químicos, o salgadinho de milho pode causar alergias. Além disso, um pacote, 63 gramas, deste alimento contém 17% do valor diário de sódio. “Quando consumido em excesso o sódio está relacionado ao aparecimento de pressão alta e doenças renais”, diz Cukier. O pacote do salgadinho também possui valor diário de 32,5% de gorduras totais e 10,3% de gorduras saturadas. O fato do salgadinho ser feito com milho transgênico é polêmico. “O transgênico é uma mistura de DNA, o ideal é saber qual é essa modificação e se poderia promover uma alergia. Não temos um estudo científico que comprove que a quantidade de milho com essas alterações no salgadinho pode causar uma doença”, ressalta Giorelli.
ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS: a pipoca preparada na panela e com óleo vegetal fresco é uma opção muito melhor para a saúde. Mas o ideal, é claro, é não abusar do sal para não aumentar a quantidade de sódio do quitute.
10º – Sorvete de massa
PROBLEMAS: O sorvete de massa industrializado não é interessante por ser pobre em nutrientes. “Este doce possui carboidratos de baixo valor nutricional, ou seja é rico em açúcar, que vão ser absorvidos rapidamente pelo organismo e serão transformados em gordura”, conta Cukier.
O consumo em excesso deste alimento pode facilitar o aumento de peso. Uma bola da versão sabor chocolate, equivalente a 60 gramas, contém 130 calorias e 18,5% dos Valores Diários de gorduras saturadas que um adulto necessita, este alto valor existe principalmente por ter uma série de aditivos incluídos no alimento ao longo da fabricação, o leite integral possui gorduras saturadas, mas não são poucas. “O principal problema do consumo em excesso desta gordura é que ela sofre um processo de oxidação e há o risco do aparecimento de placas que podem inflamar as artérias sanguíneas, levando a doença vascular que pode comprometer o coração, os rins e o cérebro a longo prazo”, explica Cukier.
ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS: o sorvete de palito de frutas que possui menos calorias. O frozen de iogurte desnatado é outra boa opção. O sorvete light também é uma escolha menos prejudicial.
Fonte: Minha Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos que você pode gostar

No final de semana do feriado da Proclamação da República, o Mercado Municipal de Curitiba ...
9 de novembro de 2020
Mais de 20 pratos com preços promocionais e receitas inspiradas nos quatro cantos do mundo. Pela ...
13 de outubro de 2020
O câncer de mama é o mais frequente entre as mulheres brasileiras, com quase 60 mil casos por ...
12 de outubro de 2020
Open chat