Energéticos: quais os efeitos no nosso corpo?

13 de novembro de 2015
Saúde e Bem-Estar
0Comentários

Se você é da turma que curte um energético – mesmo que só na balada -, pode começar a diminuir o consumo. Isto é, se deseja proteger o seu coração e evitar outras doenças. De acordo com um novo estudo realizado nos Estados Unidos, consumir 480 ml da bebida – rica em estimulantes e açúcares – aumenta a pressão arterial e os níveis de hormônio do stress no organismo. O que, em curto prazo, pode elevar os riscos de doença cardiovascular.
A pesquisa, realizada por cientistas da Clínica Mayo, analisou um pequeno grupo, com o seguinte perfil: 25 adultos com idade média de 29, massa corporal média considerada saudável e nenhum fumante. Os participantes receberam uma bebida energética comercialmente disponível e uma bebida placebo para consumir em cinco minutos. Depois, eles foram orientados a cortar álcool e cafeína da dieta.
Os resultados revelam que após o consumo da bebida, os níveis de cafeína e norepinefrina (sustância que acelera o coração) subiram e a pressão arterial também ficou elevada. Aumentando, assim, o risco de desenvolver a famosa doença cardíaca.
Vale ressaltar que o estudo não conseguiu identificar o grande responsável pelo aumento da norepinefrina no organismo. Por isso, os pesquisadores desejam ampliar as investigações sobre os efeitos de bebidas energéticas no corpo.
Fonte: MdeMulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos que você pode gostar

No final de semana do feriado da Proclamação da República, o Mercado Municipal de Curitiba ...
9 de novembro de 2020
Mais de 20 pratos com preços promocionais e receitas inspiradas nos quatro cantos do mundo. Pela ...
13 de outubro de 2020
O câncer de mama é o mais frequente entre as mulheres brasileiras, com quase 60 mil casos por ...
12 de outubro de 2020
Open chat