Dicas (infalíveis) para sua dieta dar certo!

11 de janeiro de 2016
Saúde e Bem-Estar
0Comentários

Em um dia, só salada e suco verde. No outro, só lasanha e sorvete. Se a sua alimentação vive nesses extremos, está na hora de encontrar o caminho do meio. Nós damos as coordenadas:
1. Vá com calma
Procure fazer uma transição progressiva dos seus hábitos alimentares. Assim, o corpo vai se acostumando a novos padrões. Alterações drásticas podem até ser mantidas por um tempo, mas a tendência é que o cérebro tente boicotar a restrição.
2. Extravase
As mudanças no cardápio geram ansiedade. “Por isso, busque válvulas de escape”, diz o neurologista Leandro Teles. Não abra mão do lazer e procure um exercício que tenha a ver com o seu perfil, seja muay thai, seja dança.
3. Não adie
Se a sobremesa no almoço foi farta, compense a ingestão ou o gasto de calorias no mesmo dia. Restringir o menu durante a semana e jacar no sábado ou no domingo é o primeiro passo para acostumar o corpo a viver nos extremos – e essa rua é sem saída.
4. Escute você mesma
Quando tiver vontade de comer algo bem calórico, procure entender se o desejo tem a ver com a fome ou com um momento de tristeza, raiva ou angústia. E, claro, procure alternativas (longe da comida) para resolver suas emoções.
5. Facilite
Comer direito é um hábito, e não uma medida de emergência. Inclua na rotina atitudes que colaborem para seu objetivo. Em vez de esconder as frutas na geladeira, deixe-as à vista, já lavadas, ou leve-as para o trabalho descascadas e cortadas em um pote.
 
Fonte: MdeMulher

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos que você pode gostar

Na quinta-feira, dia 14 de abril, o Mercado Municipal abre das 8h às 18h. Na sexta-feira, 15 de ...
11 de abril de 2022
Evento para quem produz e para quem ama queijo terá programação com cursos,análises sensoriais e ...
30 de março de 2022
Nesta terça -feira, 8 de março, o Mercado Municipal de Curitiba realiza a ação Acerte o Alvo, em ...
7 de março de 2022