Ceia de Ano Novo para fazer em casa

26 de dezembro de 2015
Curiosidades
0Comentários

Não é todo mundo que tem disposição de sair por aí no Ano Novo, enfrentando filas, agitos e uma zoeira geral – que assola o litoral, por exemplo.
Muita gente também reserva mesas em hotéis e restaurantes programados para o evento. Mas não são poucos aqueles que preferem ficar em casa. Ou na casa de amigos ou parentes, preparando a curtindo a própria festa de passagem de ano. Com o afeto das pessoas queridas e dentro da própria programação estabelecida.
Para estes, aqui vai uma sugestão de cardápio que não exige tantos cuidados e pode ser planejado já a partir de hoje, para as compras de mercado e primeiras providências para a execução dos pratos. Uma salada de entrada, dois pratos principais (ou primeiro e segundo pratos, conforme o desejo na hora de servir) e uma sobremesa e tudo estará resolvido, com ingredientes ligados à tradição da data.
Como as lentilhas, que dizem trazer fortuna. Aqui são apresentadas em forma de salada, em receita do chef Alexandre Vicki, que brilhou muito em Curitiba e hoje está em Goiânia, comandando a cozinha do Restaurante Coralina, do Hotel Mercure. Na composição do prato, a combinação das lentilhas com o queijo gouda e a rúcula, ornada com os bastonetes de parmesão, que podem ser adquiridos prontos em padarias. E um toque agridoce com damascos e o oriental molho de ostra.
O primeiro dos pratos principal é o bacalhau, tradicional nas mesas européias no Ano Novo, embora por aqui esteja sempre muito mais ligado à Páscoa. E a receita está entre as mais simples e tradicionais, à Gomes de Sá, apresentada pelos produtores do Bacalhau da Noruega. Combinação clássica: bacalhau, cebola, ovos, azeitonas, alho e salsinha.
O prato de carne está de acordo com os preceitos do último dia do ano. Nada de aves, que ciscam para trás. Ou de ruminantes, que devolvem a comida depois de mastigada. O recomendado é utilizar carne suína, porque o porco chafurda para a frente (pensando bem, no fundo é tudo uma grande bobagem, mas tudo bem, são as recomendações populares). E aí, de acordo do o tema, nada melhor que um courinho pururuca à mesa. Como uma receita que a chef Manu Buffara, hoje brilhando à frente de seu próprio restaurante, o premiado Manu, nos ofereceu tempos atrás, quando ainda estava à frente da cozinha de outro estabelecimento. Trata-se de uma Costeleta de leitão crocante na mostarda com purê de feijão branco e marmelada de cebola roxa que vai arrancar suspiros dos presentes.
E por falar em suspiro, que venha a sobremesa: Pudim de claras com calda de grenadine. O xarope de grenadine se encontra pronto e é muito utilizado em coquetéis. É feito de romã, fruta sempre presente nas comemorações de virada de ano. O pudim de claras é feito normalmente (e veja como a receita é bem simples) e depois de frio a calda é despejada por cima. Dá um ótimo visual e reforça o bom paladar.
Pronto, aí está o cardápio de Ano Novo. É só aproveitar.
Fonte: Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos que você pode gostar

Um dos mais tradicionais centros de compras para as festas de fim de ano estende seu horário de ...
14 de dezembro de 2021
Com preços promocionais, 25 pratos são opções em 15 restaurantes do mercado mais tradicional de ...
5 de novembro de 2021
Realizar ações que transformem positivamente a sociedade é uma das missões do Mercado Municipal ...
4 de outubro de 2021
Open chat