Baixo nível de vitamina D aumenta risco de demência, diz estudo

6 de outubro de 2015
Saúde e Bem-Estar
0Comentários

De acordo com um estudo britânico, idosos com deficiência de vitamina D têm mais riscos de sofrer demência. Os cientistas analisaram 1.650 pessoas nos Estados Unidos com mais de 65 anos para fazer a pesquisa, publicada na revista médica ‘Neurology’. As informações são do ‘Daily Mail’.
Este não é o primeiro estudo que relaciona a deficiência de vitamina D à demência. No entanto, especialistas alertam que são necessárias outras pesquisas para concluir que a vitamina D pode ajudar a prevenir a demência. A vitamina D é encontrada em peixes oleosos, comprimidos e por meio da exposição da pele ao sol.
A vitamina D é encontrada em peixes oleosos, comprimidos e por meio da exposição da pele ao sol
No caso dos idosos, a conversão de vitamina D pela pela pode ser menos eficiente, aumentando as chances de eles sofrerem com essa condição. Somente no Reino Unido, cerca de 800 mil pessoas têm demência, e o número deve passar para 1 milhão até 2021.
Fonte: Catraca Livre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos que você pode gostar

Na quinta-feira, dia 14 de abril, o Mercado Municipal abre das 8h às 18h. Na sexta-feira, 15 de ...
11 de abril de 2022
Evento para quem produz e para quem ama queijo terá programação com cursos,análises sensoriais e ...
30 de março de 2022
Nesta terça -feira, 8 de março, o Mercado Municipal de Curitiba realiza a ação Acerte o Alvo, em ...
7 de março de 2022