Evite exercícios físicos durante a gripe

19 de junho de 2015
Saúde e Bem-Estar
0Comentários

Com a aproximação do inverno, as variações de temperatura deixam as pessoas mais propensas a ficarem gripadas, resfriadas, com faringite, sinusite e infecções virais. Nessa época, é comum acordar indisposto, com o nariz entupido, mãos e pés frios e a testa quente. Em todos esses casos, é preferível descansar e não praticar exercícios físicos para o corpo se recuperar.
As infecções virais, resfriados e gripes, tem um curso definido e duração prevista, dispensando tratamentos além da medicação sintomática, para alívio da febre, coriza, entre outros. O comprometimento da defesa forçando um gasto energético na atividade física pode favorecer infecções por bactérias oportunistas. Você pode trocar a simples gripe por uma amidalite, ou mesmo uma pneumonia. Estas infecções mais graves impõem uso de antibióticos e o tempo de repouso será mais prolongado, atrasando ainda mais seu projeto verão.
O melhor a fazer é curtir a gripe, o resfriado. E ao retomar o treino, vá com calma! Diminua o volume semanal para chegar, gradativamente, ao ritmo habitual. Se você interromper por uma semana, programe o retorno para duas semanas, por exemplo.
A gastroenterocolite aguda (a diarreia), têm como grande complicação a desidratação. Todos sabem que a água é importante na atividade física e a falta que ela faz. Sem contar que o exercício só agrava a sua condição pela perda adicional de água que ele traz. Mais uma vez, fique perto do banheiro e da água que o sofrimento não tomará mais do que dois dias e, seu treino, um pouco mais leve no recomeço, poderá ser retomado.
Talvez o mais difícil na recuperação da dança que provocou tantas dores seja a do orgulho. O movimento não habitual provoca processos inflamatórios que desaparecem em 2 a 3 dias, de maneira espontânea, dispensando tratamento, exceto por analgésicos ou anti-inflamatórios no combate à dor e desconforto.
Insistir com exercícios nessas situações é criar condições para que ocorram complicações que custarão muito mais do que dois ou três dias de treinamento. Insistir com exercícios mais intensos, que fazem parte do seu projeto verão, pode resultar em rupturas musculares, tendinites ou até rupturas tendíneas. Mais uma vez, espere as dores passarem e retome gradativamente suas atividades. Você não vai se arrepender.
Nunca desista de fazer exercícios regulares. Eles só têm a oferecer melhora para sua saúde. Mas, como tudo na vida, use com sabedoria e moderação.
 
Fonte: Catraca Livre e Minha Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos que você pode gostar

- Mirtilo (125g), na Banca do Gervario, de R$10 por R$7 (-30%)- Batata Monalisa (kg), na ...
15 de setembro de 2020
- Mirtilo (125g), na Banca do Gervario, de R$10 por R$7 (-30%) - Batata Monalisa (kg), na ...
15 de setembro de 2020
O Mercado Municipal de Curitiba, terá atendimento em horário especial para os feriados da ...
4 de setembro de 2020
Open chat