12 motivos para entender a reabertura do Mercado Municipal de Curitiba

16 de abril de 2020
Curiosidades, Destaque, Eventos, Saúde e Bem-Estar, Utilidade Pública
0Comentários

Entenda os motivos e medidas adotadas para a reabertura do mais tradicional centro de compras de Curitiba durante a pandemia do novo coronavírus 
1_Abastecimento da cidade
O Mercado Municipal de Curitiba é um dos principais centros de abastecimento da cidade, atendendo pessoas físicas e jurídicas, de pequenos a grandes estabelecimentos; por isso, mesmo quando estava fechado para compras presenciais, os lojistas do Mercado continuaram atendendo via delivery e take away.
 
2_Atividade básica
Assim como supermercados, o Mercado Municipal de Curitiba é um local onde as pessoas encontram suprimentos de necessidade diária, principalmente, alimentos e insumos.
 
3_Serviços
No Mercado Municipal de Curitiba encontram-se serviços essenciais como lotéricas e farmácias, os quais, permanecem abertos para a população.
 
4_Abertura facultativa
O Mercado Municipal de Curitiba reúne 192 permissionários os quais tem a opção de abrir ou não seus estabelecimentos durante a pandemia do novo coronavírus. Mais de 75% dos estabelecimentos optou em reabrir durante este período e todos os comércios do Mercado que estão abertos para compras presenciais seguem, obrigatoriamente, o protocolo especial para a operação dos serviços listado a seguir:
– Disponibilização de ao menos um álcool em gel em cada comércio;
– Donos de estabelecimentos e funcionários usarão máscaras e luvas e se comprometerão a repassar informações de prevenção contra o novo coronavírus;
– Conforme o tamanho dos boxes haverá um número fixo definido de pessoas trabalhando ao mesmo tempo.
 
5_Reforço na limpeza
Antes da reabertura em 08 de abril, foi realizada uma limpeza de alta tecnologia na área interna e externa do Mercado, seguindo os padrões aprovados pela ANVISA. O entorno foi pulverizado com o desinfetante Peroxy 4D, um produto de última geração eficaz contra o vírus COVID-19. A equipe de limpeza foi reforçada e já está treinada para a desinfecção correta de pontos de maior aglomeração e uso comum, como mesas, corrimões, maçanetas, banheiros e etc.
 
6_Protocolos de higiene
Também há reforço nos protocolos de higiene desde o recebimento de produtos até o atendimento ao cliente final, incluindo o cuidado no condicionamento de produtos e aumento na frequência da limpeza de equipamentos. Alguns estabelecimentos criaram ainda barreiras físicas para impedir a entrada de clientes.
 
7_Entradas exclusivas
Para controle e maior segurança do público, o Mercado passou a usar apenas a entrada da Rua da Paz, 640, onde há, inclusive, demarcação de áreas de distanciamento social. Há também uma entrada secundária na Av. Sete de Setembro e na Rua General Carneiro.
 
8_Higienização
Nestas entradas, foram instaladas pias, equipadas com sabonete e papel toalha, para que os clientes possam se higienizar antes e após as compras.
Também houve ampliação do número de dispensers de álcool em gel por todo o Mercado, além de, ao menos, um álcool em gel em cada comércio.
 
9_Sem aglomeração
Outra medida adotada foi o controle da quantidade de clientes e de colaboradores dos comércios. Estão permitidos 200 clientes simultaneamente e, no máximo, 4 colaboradores por comércio (dependendo da metragem do estabelecimento).
 
10_Máscaras
Todos os colaboradores que trabalham no Mercado Municipal de Curitiba foram orientados sobre as medidas preventivas e ganharam máscaras específicas para uso durante o expediente. Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, os colaboradores do grupo de risco foram todos dispensados.
 
11_Sem degustação e buffets restritos
Como forma preventiva, não estão sendo realizadas degustações e também o serviço de buffet deve seguir rígidas normas. Além disto, as mesas da Praça de Alimentação foram distanciadas de acordo com as indicações das autoridades da saúde. Estão sendo servidos lanches e refeições individuais.
 
12_Delivery e take away
Vale destacar que a maioria dos comércios do Mercado Municipal de Curitiba se reinventou mais uma vez e passou a oferecer serviços de delivery e take away como uma forma de continuar atendendo os clientes neste momento tão delicidade. A lista completa com os contatos de cada um dos estabelecimentos está no www.mercadomunicipaldecuritiba.com.br/s-delivery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos que você pode gostar

No final de semana do feriado da Proclamação da República, o Mercado Municipal de Curitiba ...
9 de novembro de 2020
Mais de 20 pratos com preços promocionais e receitas inspiradas nos quatro cantos do mundo. Pela ...
13 de outubro de 2020
O câncer de mama é o mais frequente entre as mulheres brasileiras, com quase 60 mil casos por ...
12 de outubro de 2020
Open chat